NFP-Brasil
Seja bem vindo ao NFP-Brasil!!!

Nosso forum esta no momento de ferias!
Obrigada!

Team NFP-Brasil

Parto normal ou cesarea?

Página 7 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Seg Ago 16, 2010 10:34 am

lilix escreveu:@Boadrasta e Anninha: este forum eh aberto para DISCUSSAO. DISCUSSAO significa expor opinioes, mesmo que estas nao sejam as mesmas.

Tranquei o topico pq achei que a coisa estava indo para o lado pessoal, mas o tema continua aberto, sim. Vcs podem continuar discutindo o tema parto normal e cesarea por aqui! Qto ao assunto remedios, acho que esta claro o que eh o correto ou nao. Infelizmente nao podemos controlar o que as pessoas fazem de suas vidas, a gente da um toque aqui e acola, mas nao podemos definir o que eh melhor para determinada situacao, sem um parecer medico.

Nao quero que vc pensem que estao sendo "vetadas" a exporem as suas opinioes, que isto fique claro! Vcs devem continuar expondo sim a opiniao de voces, debatendo este assunto SUPER importante, se nao o principal no tema gravidez.

VOCES FAZEM este forum ser o que eh hoje e sem VOCES isto aqui nao funciona!

Lilix

Eu realmente sinto muitissimo que A MINHA OPINIÃO tenha gerado tanta polêmica, ao meu ver desnecessária

Não acho que nenhuma mãe que tenha seu filho cesariana deva se sentir ofendida pela minha defesa ao parto normal, é uma opção de cada mulher. Por exemplo: Eu tenho uma amiga que ficamos grávidas juntas, e comentando sobre tipos de parto, ela falou para mim: Poxa, mana, queria ter a sua coragem de ter normal, eu não sou mulher, sou um saco de batatas! Ela desde o principio deixou claro sua opção pela cesárea, e nem por isso eu fiquei insistindo que ela tivesse normal...Do jeito q a Anninha fala parece que chega alguém falando q vai ter cesarea e eu caio de pau na pessoa...A Rosangela, a quelb, todas já falaram que vão ter cesárea e eu me manifestei contra?? Rolling Eyes

Acho que o que aconteceu aqui, foi um mal entendido muito grande...Eu apoiei o tópico da Dana CONTRA MÉDICOS CESARISTAS, e não contra quem fez cesárea...Quem quiser fazer cesárea, por seus motivos particulares que não nos dizem respeito, pode fazer, o forum não é apenas sobre parto, tem as duvidas da gravidez tbm

E o que EU QUIS FALAR TBM, é que nem sempre o médico tem razão. Todas sabem que minha avó é curandeira, o que a medicina moderna chama de medicina alternativa, mas a procura quem quer, não estou OBRIGANDO ninguém a nada, mais uma vez repito: Não aconselho ninguém a confiar 100% em um médico, pq ele é HUMANO e pode errar...Eu poderia inumerar muitos casos, mas vou postar aqui apenas um

LORENZO ODONE

Odone padecia de adrenoleucodistrofia (ALD), uma doença que causa mutações genéticas que destroem o sistema neurológico. A enfermidade deriva normalmente em uma falha cerebral e morte, mas Lorenzo viveu vinte anos a mais do que previram os médicos.

Segundo o "Post", Augusto Odone atribuiu os anos de sobrevivência de seu filho a um tratamento a base de azeite de oliva e colza, que ele descobriu pouco depois que Lorenzo foi diagnosticado com a doença, no final dos anos 80.

O filme "O Óleo de Lorenzo" descreve essa descoberta e os esforços de Augusto e Michaela Odone - interpretados por Nick Nolte e Susan Sarandon, que foi indicada ao Oscar por esse trabalho - para prolongar a vida de seu filho. Apesar de leigo, Augusto estudou a fundo a doença do filho e chegou a uma resposta até então desconhecida pelos médicos.

Como vcs podem ver nem sempre os médicos estão certos...

Por fim, para desanuviar o ambiente,

Vou lançar um "desafio médico", e darei um "brinde" aquela que acertar o diagnóstico correto e a medicação... Very Happy

Minha filha está com 09 meses de idade, aparentemente bem, começa a ter crises de diárreia, vômitos e febre de 40º, qual o seu diagnóstico??
avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Anninha em Seg Ago 16, 2010 12:26 pm

Que os médicos nem sempre estão certos isso não é novidade pra ninguém. Mas não é por isso que se deva desacreditar da Medicina e sim buscar muitas outras opiniões médicas. Eu mesma já tive diagnóstico errado e fui buscar outros, normal. De qualquer forma, o desabafo que fiz, não foi algo só meu, outras pessoas também pensam assim, mas nem todas se manifestam. Já foi dito, debatido, pronto. Bola pra frente.
avatar
Anninha
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1110
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 12/09/2009

Ver perfil do usuário http://anninha-fla.blogspot.com/   e   http://aflavorita.blogspo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Seg Ago 16, 2010 12:53 pm

Volto a dizer que acho que não estamos na mesma sintonia...

Vc pode me dizer quem foi que eu pressionei a mudar de idéia? Shocked

Vc apenas entendeu e interpretou do seu jeito, em momento algum cheguei e disse: Ah, fulana, para q vc vai ter cesarea, normal é melhor...e etc, etc

Agora, se fulana chega comigo e diz que vai ter cesarea, pq o médico falou que o bebê está muito grande, assim sim, tento desmitificar isso
avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por luciana123 em Seg Ago 16, 2010 1:23 pm

Meninas, desculpem me intrometer... afinal, eu sou a pior pessoa a dizer se cesarea ou normal é melhor, pois nunca tive um filho... mas percebi que o "fato aqui" não é qual é melhor ou não, ja ta virando pessoal, e pelo jeito não vai acabar nunca, pois sempre o que uma diz, vai "sair da sintonia" do que a outra disse, como ja foi falado anteriormente, esse forum é para expressarmos a nossa opnião, mas não ficar debatendo e tirando satisfações sobre o que uma falou, ou sobre o que a outra fez... cada uma tem a sua opnião e é otimo isso, é para isso que serve os foruns, mas não para ficar nesse pé uma com a outra... o forum é uma coisa super bacana de se ler e trocar experiencias, mas sinceramente ja esta ficando chato toda vez esse debate que já não é mais sobre PN ou PC, e sim sobre o que uma disse e a outra respondeu...

Mais uma vez peço desculpas pela intromissão....
avatar
luciana123
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1943
Idade : 30
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 22/07/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Seg Ago 16, 2010 1:28 pm

luciana123 escreveu:Meninas, desculpem me intrometer... afinal, eu sou a pior pessoa a dizer se cesarea ou normal é melhor, pois nunca tive um filho... mas percebi que o "fato aqui" não é qual é melhor ou não, ja ta virando pessoal, e pelo jeito não vai acabar nunca, pois sempre o que uma diz, vai "sair da sintonia" do que a outra disse, como ja foi falado anteriormente, esse forum é para expressarmos a nossa opnião, mas não ficar debatendo e tirando satisfações sobre o que uma falou, ou sobre o que a outra fez... cada uma tem a sua opnião e é otimo isso, é para isso que serve os foruns, mas não para ficar nesse pé uma com a outra... o forum é uma coisa super bacana de se ler e trocar experiencias, mas sinceramente ja esta ficando chato toda vez esse debate que já não é mais sobre PN ou PC, e sim sobre o que uma disse e a outra respondeu...

Mais uma vez peço desculpas pela intromissão....

Lu,

Eu respondo apenas PARA QUE FIQUE CLARO, CRISTALINO, as minhas REAIS intenções, não acho justo as pessoas ficarem com uma imagem de mim, que não é a real

O que ocorre é q eu falei uma coisa, e a Aninha interpretou do jeito dela, só isso
Então estou explicando a minha verdadeira intenção Very Happy
avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Seg Ago 16, 2010 1:32 pm

Voltando ao foco PN

Olha que lindo esse depoimento, só me lembrei do parto da Celeste (que eu fiz) Very Happy

http://www.partodoprincipio.com.br/marianabetioli.html
avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Dana em Seg Ago 16, 2010 2:19 pm

Adoro o parto do principio, fico babando nso milhoes de relatos! "Smile


@Chicas, não nos estressemos mais! Smile Acho que talvez tenhamos sido um pouco terroristas em nossa forma de expressar nossas crenças, eu peço desculpas a quem tenha se sentido ofendida! Smile

Vamos mudar então, por um ponto final no problema? Vamos organizar os tópicos de forma mais igualitária, para que todas possam dividir suas experiências e ajudar outras gravidinhas e tentantes a chegar onde querem!Smile

Eu me comprometo a fazer o possível para homogeneizar essa nossa mistureba de mães cheis de histórias pra contar! Smile

_________________

Madrinha do Ursinho n.2 da Lilix que por aí vem!Very Happy
avatar
Dana
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1797
Idade : 32
Localização : são paulo, sp
Data de inscrição : 02/09/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Seg Ago 16, 2010 4:30 pm

Dana escreveu:Adoro o parto do principio, fico babando nso milhoes de relatos! "Smile
E vc viu quem fez o parto?? Dr.Jorge Kunh!!

@Chicas, não nos estressemos mais! Smile Acho que talvez tenhamos sido um pouco terroristas em nossa forma de expressar nossas crenças, eu peço desculpas a quem tenha se sentido ofendida! Smile Idem

Vamos mudar então, por um ponto final no problema? Vamos organizar os tópicos de forma mais igualitária, para que todas possam dividir suas experiências e ajudar outras gravidinhas e tentantes a chegar onde querem!Smile

Eu me comprometo a fazer o possível para homogeneizar essa nossa mistureba de mães cheis de histórias pra contar! Smile

Dana, vc é minha alma gêmea! kkkkkkkkk

Lá no outro forum, a minha alma gêmea é outra que pensa sempre da mesma forma que eu, e tbm adora festas!
Aqui é vc! Quando for em Sampa, vou adorar te conhecer Razz

Estava pensando nessa organização de temas, ainda hoje! Assim cada uma filtra o que quiser ler, sem se ofender, né?
avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Dana em Seg Ago 16, 2010 7:47 pm

@Boadrasta: a idéia está partindo dai! Smile Eu fiz uma proposta pra Lilix, vamos ver o que ela acha! Very Happy

Assim ao menos fica espaço igual para todos os credos, gostos e afins!

_________________

Madrinha do Ursinho n.2 da Lilix que por aí vem!Very Happy
avatar
Dana
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1797
Idade : 32
Localização : são paulo, sp
Data de inscrição : 02/09/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por lilix em Seg Ago 16, 2010 10:29 pm

A ideia foi aceita e vamos bolar sim uma nova estrutura!!! Very Happy
avatar
lilix
Admin

Número de Mensagens : 5725
Idade : 38
Localização : Alemanha
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Ter Ago 17, 2010 8:55 am

lilix escreveu:A ideia foi aceita e vamos bolar sim uma nova estrutura!!! Very Happy

Hare Krisna!
avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Sex Ago 20, 2010 3:02 pm

avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Ter Out 05, 2010 8:27 pm

O parto

Durante 9 meses, o bebê tem vindo a desenvolver-se dentro do útero. Agora, o bebê está preparado para sair. Os nascimentos dos seres humanos ocorrem, normalmente, ao 270º dia depois da concepção, perto do fim dos 9 meses completos. Um pouco antes do nascimento (normalmente, em poucas semanas para os primeiros partos mas, às vezes, só algumas horas para gravidezes tardias), o bebê geralmente roda para a posição com cabeça para baixo. Este movimento é referido como sendo um alívio porque liberta a pressão no abdómen da mãe.

Para as mulheres que dão à luz pela primeira vez, o trabalho de parto normalmente demora entre 12 a 24 horas, numa média de 14 horas. No entanto, para as mulheres que já deram à luz antes, o trabalho de parto geralmente é de uma média de apenas 6 horas.

Primeira fase

Pergunta: Quais são os primeiros sinais do trabalho de parto?

O trabalho de parto é dividido, geralmente, em três fases que, normalmente, se sobrepõem umas às outras. Durante a primeira fase, que dura, em média, cerca de 13 horas para uma mulher que vá ter o seu primeiro filho, começam as contrações uterinas. Foi descoberto que os níveis de uma certa enzima fazem aumentá-los, de modo impressionante, assim que o trabalho de parto começa. Esta enzima “mastiga” o colagéno que suporta a membrana fetal, o que por sua vez, provoca a ruptura do saco amniótico (comummente referido como a altura em que “as águas” da mulher “rebentam”). As contrações que se seguem associadas com a ruptura são, normalmente, espaçadas de 10 a 20 minutos entre elas. Inicialmente as contrações são suaves mas, têm tendência a tornar-se mais fortes e, às vezes, incômodas.

Pergunta: Quando é que a mãe deve ir para o hospital?

Algumas mães preferem não usar as instalações hospitalares e, em vez disso, dar à luz em casa, normalmente, com a presença de uma parteira ou de um médico para ajudarem no parto. Contudo, 10 a 15% dos partos requerem ajuda especial. Por esta razão, a menos que os todos os serviços possam estar disponíveis em casa, os médicos recomendam, geralmente, às mães que estejam no hospital ou noutro serviço qualificado para o efeito nas horas que se seguem ao começo do trabalho de parto.

Segunda fase

A segunda fase do trabalho de parto dura, normalmente, cerca de 90 minutos. Durante esta fase, o cérvix abre o suficiente para o bébê começar a mexer-se para baixo em direcção ao canal vaginal (canal do parto). Nesta altura, se a mãe foi bem preparada, ela pode usar os seus músculos abdominais para ajudar a empurrar o bébê para fora. Esta segunda fase do trabalho de parto pode ser muitas vezes abreviada consideravelmente, fazendo com que a mãe dê à luz na posição vertical, por exemplo, usando uma cama ou quarto especialmente desenhado para incluir uma barra para nascimentos. Quando a mãe está em pé, a gravidade ajuda o bébê a mover-se para baixo em direcção ao canal vaginal. Embora a segunda fase do trabalho de parto, normalmente, leve cerca de 90 minutos, a média de tempo numa posição vertical é de apenas 30 minutos. No final da segunda fase do trabalho de parto, o bebê já nasceu.

Nascimento

Durante o nascimento, o feto humano é forçado através do canal vaginal sobre extrema pressão e é intermitentemente privado de oxigénio. Durante este tempo, o bebê segrega as hormonas adrenalina e noradrenalina, colectivamente classificadas como catecolaminas, a níveis que são mais altos que em qualquer outra altura ao longo da sua vida. A adrenalina ajuda a abrir os pulmões, a secar os brônquios e a alcançar a mudança de um ambiente líquido para um de ar. A noradrenalina, que é especialmente predominante, diminui os batimentos cardíacos, permitindo ao feto que aguente a privação relativamente prolongada de oxigênio. Os bebês que nascem de cesariana, de que falaremos brevemente, são trazidos para fora da mãe cirurgicamente e não passam pelo canal normal de parto (canal vaginal). Curiosamente, estes bebês muitas vezes têm problemas respiratórios. Uma razão para esses problemas pode ser porque o bebê não beneficiou do stress habitual do nascimento!

Pergunta: Todos os bebês nascem saindo primeiro com a cabeça?

Cerca de 97% dos bebés nascem saindo primeiro a sua cabeça. O esqueleto do feto é suave e flexível, o que ajuda a cabeça a passar pelo canal vaginal. No entanto, 2,4% dos bebés nascem primeiro pelos pés; isto é chamado de nascimento falhado. Durante um nascimento falhado, deve-se tomar um grande cuidado para evitar danos à cabeça do bebé, que é a parte do corpo do bebê mais difícil de passar através do canal vaginal. Uma ocorrência ainda mais rara é a apresentação do ombro, em primeiro lugar. Isto ocorre num (1) nascimento em 200. A apresentação do ombro é extremamente perigosa porque o bebé deve ser forçado pelos assistentes à posição de nascimento falhado. Esta posição pode romper o útero, o que pode causar a morte do bebé e grave hemorragia na mãe.

Outro problema grave que pode ocorrer durante o nascimento é a anóxia. A anóxia pode ocorrer se a placenta se desprende prematuramente, se o cordão umbilical está apertado ou estrangulado, se a cabeça do bebê é ferida ao ponto de ter uma hemorragia, ou se a mãe foi também fortemente sedada durante o trabalho de parto. Se há algum problema durante o parto, o bebé pode ser removido do útero por corte de cesariana. Neste procedimento, o abdomen da mãe é aberto cirurgicamente e o bebê é removido sem passar pelo canal vaginal. A incisão cirúrgica é então fechada, como seria também depois de qualquer outro procedimento cirúrgico.

Sempre que possível, os obstetras fazem incisões cirúrgicas especiais no útero para que uma mulher que tenha tido uma operação de cesariana possa mais tarde ter um parto vaginal. Com a velha técnica de cesariana (quando era feita uma incisão vertical), uma vez que a incisão era feita e a parede uterina enfraquecida, a cesariana era necessária também para futuros partos.
Saliente-se, no entanto, que as mulheres que dão à luz vaginalmente pela primeira vez, devem esperar que o trabalho de parto dure tanto como um primeiro trabalho de parto normal, não importando quantos bebês possam ter tido antes por cesariana. De mais a mais, alguns obstetras recomendaram que as cesarianas não devem ser feitas rotineiramente se começar o nascimento falhado ou se começarem os problemas no trabalho de parto. Eles argumentam que os nascimentos falhados para bebês de pouco peso, especialmente se o obstetra é qualificado, não apresentam dificuldades e que o trabalho de parto anormal por si só não é causa suficiente para uma cesariana. No entanto, quando é necessária, a cesariana pode ser um salva-vidas para ambos, para o bebê e a mãe.

Terceira fase
A seguir à saída do bebê, ocorre a terceira fase do trabalho de parto, durante a qual a placenta é expelida. A placenta e outros materiais expelidos são chamados de elementos depois do nascimento.

avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Ter Out 05, 2010 8:37 pm

Estava colhendo material para a palestra desse mês, e resolví postar isso aqui...

Isso me fez pensar em alguns pontos das minhas gravidezes, que acho que vocês precisam saber...

EU TAMBÉM TIVE MEDO! Medo de acontecer milhões de coisas...Medo do bebê morrer na hora do parto, medo do bebê isso ou aquilo, e de fato, quando analisamos nossos medos, e nossa vontade de ter um filho saudável nos braços, a escolha pela cesárea não parece ser tão ruim, afinal ela é minha garantia de um parto quase 100% seguro...

Mas, não questionamos muitas vezes se Deus existe ou não? E se existe, como podemos acreditar em algo que não estamos vendo, e que tampouco conversa conosco? Pq quando estamos em agonia, a primeira coisa que falamos é: Ah meu deus me ajuda!

Se podemos acreditar em Deus, e isso não nos faz mal algum, pq não crer que meu filho nascerá perfeito se eu optar pelo parto normal? Afinal, há milhões de anos, as mulheres pariram assim...

Durante a gravidez da Helena, chorei diversas vezes...Queria uma segurança, uma certeza de que estava tudo bem com a minha princesa, mas nada me daria essa certeza, eu tinha que ter fé no escuro...

Então, concluí que é normal ter medo, é normal sentir esse frio na barriga, e acabar optando pela garantia ao invés da dúvida.

Continua...


avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Qua Out 06, 2010 11:10 am

Bem, ontem eu fui interrompida pelo maridôncio que acabou o trabalho e quis ir correndo para casa...

Bem, eu falava de duvida e certeza...

Estou sempre lendo assuntos sobre cesarea, parto normal, as escolhas, e os motivos que levam tantas mulheres a optarem pela cesariana hoje em dia...

E resolví me abrir para vocês, de uma forma que eu nunca tinha me aberto, até começar a fazer as palestras sobre parto normal...

Eu também tive meus momentos de dúvida, de medo, mas queria falar para aquelas que querem tentar o parto normal, que na hora H, esse medo passa, você é tomada por um instinto animal, visceral, mais forte que você, você é puro instinto...

Agora eu entendo o que aconteceu comigo no parto da Celeste, foi meu instinto animal, que aflorou...Por isso eu conseguí fazer o parto dela sozinha, sem depender de ninguém....A natureza é sábia, e na hora H, o medo vai pelos ares...Por isso muitas mulheres comentam sobre a Partolândia, a sensação de empoderamento que nos dá ao parir...

Então, quando vc estiver com medo, deixe seu lado animal aflorar...E ele mesmo vai se encarregar do resto...

avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por lilix em Qua Out 06, 2010 11:49 pm

@boadrasta: lindo vc ter compartilhado suas insegurancas com a gente. Sabe eu coloquei tanto na minha cabeca que eu ia parir natural que na hora H, qdo td mudou, me senti muito fraca, senti que eu nao era mais capaz de ter a Lulu do jeito que eu sonhei, depois com o tempo, trabalhando o assunto aqui na cachola, conclui de que alguma forma foi a vontade de Deus medo que td fosse como foi. Naquele momento nao tinha controle de nada, estavamos nas maos da minha medica, eu e a Lulu. Mas durante o TP eu senti uma forca excomunal dentro de mim, as contracoes eram fortes sim, mas certas de que meu corpo estava trabalhando para trazer a Lulu para mim... Eu fiquei em transe mesmo!
avatar
lilix
Admin

Número de Mensagens : 5725
Idade : 38
Localização : Alemanha
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por neni em Qui Out 07, 2010 10:34 am

Meninas realmente é tudo isso quando as contrações vem vc não acredita que
possa suportar tanta dor mas é uma força que vc sente irreal nossa eu nunca
achei que fosse suportar tanta dor e ainda pensar que aquela dor era para o
bem do meu bb e chegando na hora H aconteçeu tudo diferente como a Lilix
disse, mas agradeço a Deus por tudo ter dado certo.
avatar
neni
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 3537
Localização : maua
Data de inscrição : 08/05/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Qui Out 07, 2010 11:37 am

Este relato de parto já consta dos Relatórios de Parto, mas decidi colar aqui tbm, para incentivar aquelas que querem ter PN, e estiverem dispostas a lutar por ele

Relato de parto Normal do Lucas- Mamãe Nane

O Lucas era esperado para o dia 10/10/2009, mas o apressadinho resolveu nascer no mês de setembro e no último dia do mês veio encher nossas vidas de alegria.
As 23:00hs do dia 29/09/2009 eu estava deitada quando senti um ploft na barriga, desconfiei que era a bolsa que havia rompido, mesmo assim preferi aguardar um pouco e apenas comentei com o marido que Lucas havia me dado uma forte cabeçada....rs
Enquanto aguardava senti duas contrações com dores fracas, resolvi levantar para anotar o intervalo das contrações, ao chegar na sala senti a calcinha molhada e tive a certeza que a bolsa havia rompido. Falei para o marido da calcinha molhada e mostrei falando que a bolsa havia rompido, ele levantou perguntou o que faltava para arrumar, eu falei que apenas minha maquiagem, shampoo, condicionador, meu pente preto inseparável...rs e o resultado do exame de urina que ainda estava no computador para imprimir.
Ele saiu catando as últimas coisas para colocar na mala enquanto eu ligava para minha médica.
Quando liguei para médica e informei que a bolsa havia rompido ela me respondeu: “ -Nossa!! Mais uma noite sem dormir, ontem eu também fiz um parto pela madrugada”.
Ela me pediu para ir para a maternidade e procurar a plantonista Dr. Kiara, lembrei logo da novela das oito e não esqueci o nome da médica, antes liguei para minha sogra e para minha mãe. Minha sogra foi junto para a maternidade.
Ao chegar na maternidade e ser examinada pela Dr. Kiara, eu estava com 2cm de dilatação e o Lucas com batimentos cardíacos em torno de 160bpm, ela constatou que a bolsa havia realmente rompido e ligou para minha médica Dr. Penha.
Durante a ligação a plantonista passou para minha médica que eu já estava em trabalho de parto, com 2 cm de dilatação e os batimentos do Lucas, ao desligar o telefone ela pediu para a enfermeira preparar o centro cirúrgico e procurar saber qual o anestesista de plantão.
Minha sogra percebeu e avisou que eu queria Parto Normal e não cesárea, a médica e a enfermeira ficaram me olhando com espanto e pediram para eu ligar e comunicar minha decisão a minha médica.
Antes da chegada da médica a enfermeira que havia me atendido anteriormente chegou com o maqueiro para me levar para o centro cirúrgico e eu avisei que eu queria parto normal e ela podia dispensar o maqueiro.
Quando minha médica chegou, foi logo falando que eu não tinha condições de ter parto normal, citou algumas razões: Bolsa rota, minha idade (34 anos), o batimento cardíaco de Lucas que estava em 160bpm (ela falou que o normal era entre 120 e 160bpm).Eu olhei para ela e falei que a única coisa que me preocupava era o batimento cardíaco, mas eu preferia que ela monitorasse ele para esperar por um Parto Normal. Perguntei ainda se ela não preferia ir embora dormir e me deixar sendo monitorada pela plantonista...kkkkkk.
A médica me fuzilou com o olhar e falou que eu era responsabilidade dela e não da plantonista e tentou me convencer falando que cesárea não doía, que seria um parto simples e também que eu perderia um excelente anestesista.... (pensei: To nem aiii..to nem aiii... quero meu PN, pois me preparei 9 meses para ele).
Ela continuou sentada no apartamento esperando para me levar para o bloco cirúrgico e avisou que o maqueiro (pela segunda vez), estava na porta me esperando....rs
Eu nem me importei com os argumentos dela, continuei de camisola bunda de fora, rodando pelo apartamento e olhando ao redor os móveis do quarto e a tv ligada (Meu plano me dava direito a enfermaria na unimed e eles me colocaram num apartamento individual..adorei!!!).
A médica percebeu que não me convencia e tentou argumentar com meu marido e sogra, eles apavorados me olhavam e eu fingia que não ouvia nada...rs. então ela desistiu de brigar pela cesárea desnecessária e falou que voltaria em uma hora para verificar os batimentos do Lucas,e se os batimentos continuassem em torno de 160bpm e sem evolução na dilatação ela me levaria para o bloco cirúrgico, eu fiz cara de paisagem e continuei andando e descansando ainda sem muitas contrações.
Uma hora (02:00 da manhã ) depois ela volta para verificar minha dilatação e os batimentos do Lucas que continuavam 160bpm e minha dilatação 2,0cm. Ela mandou chamar meu marido e minha sogra para me levar para o centro cirúrgico....
Eu desconfiei que era mentira dela os batimentos acelerados e minha dilatação que não evoluía e avisei para meu marido, meu marido ajudou a monitorar e viu que estavam 140, 150bpm.
Ela mais uma vez falou que eu não tinha mais condições de esperar, falou da bolsa rota, falou dos batimentos, falou desta vez do colo do útero endurecido e bla bla bla bla....rs

E não me convenceu em nada, então resolveu me colocar no soro com ocitocina, eu também não queria, mas ela convenceu meu marido que mandou eu ficar quietinha e aceitar, pensei que era melhor que uma cesárea e aceitei.
Quando voltei para o quarto fiquei reclamando que com a ocitocina as dores ficariam intensas e eu não conseguiria mais andar, nem agachar, nem rebolar....kkkkk. Meu marido brigou comigo e mandou eu aceitar, falou que eu não era médica e eu esquecesse tudo que li durante a gravidez nas comunidades e no livro que comprei, que a realidade no momento era outra.
Quando recebi o soro as dores se intensificaram e as contrações ficaram de 2 em 2 minutos, mas eram suportáveis, eu apenas respirava durante a contração e pedia para meu marido fazer massagem na minha coluna durante a contração.
As 4:00hs a médica voltou e falou de novo na cesárea e pediu para eu me deslocar até a sala para fazer outro toque e monitorar o Lucas, eu me levantei arrastando o soro, entre uma contração e outra, ao chegar na sala eu estava bastante segura do meu parto normal e assim que ela fez o toque avisou que eu estava com 8cm de dilatação e me falou que eu era uma mulher de fibra e muito decidida, mas continuava com o Lucas muito alto e com o colo do útero endurecido e ainda não tinha certeza se ele conseguiria encaixar para um Parto Normal...
Eu sai da sala arrastando o soro entre uma contração e outra, mas desta vez dançando e fazendo sinal para minha sogra que eu estava com 8 cm (ela estava na porta do apartamento aguardando)...kkkk
Perguntei para a médica se eu podia ficar em pé com o soro, ela falou que sim, comecei a rebolar igual como se estivesse com um bambolê, e também ficar de cócoras durante as contrações para o Lucas descer e encaixar melhor....
Pedi para fazer o número dois e em seguida tomar banho e trocar a camisola.
A médica entrou no quarto com a enfermeira e pediu uma tricotomia, eu não gostei, mas estava tão feliz com a evolução do Trabalho de Parto que deixei ela fazer.
Quando a dilatação chegou aos 10cm ela desceu para a sala de parto (Nada de centro cirúrgico heim?) e eu fique curtindo minhas contrações sozinha com o marido, pois a sogra já havia ido para casa.
Comecei a sentir falta de ar e falei para o marido não se preocupar, pois eu precisava gritar para poder respirar e assim fiz.
Eu comecei com uns gemidinhos básicos, mas precisei intensificar, pois eu já estava sentindo pressão baixa e fiquei com medo de desmaiar, e gritando me dava força para não perder o pique.
Quando o maqueiro chegou eu já estava querendo fazer força e o marido desesperado ao meu lado, ele preferiu não descer para a sala de parto e ficou sozinho no quarto.
No meio do caminho eu rezei para dar tempo de chegar na sala de parto antes de uma nova contração, mas não deu tempo e eu gritei no elevador sozinha com o maqueiro....kkkkkk
Quando cheguei na sala de parto, desci da maca e fiquei esperando passar a contração para subir na mesa de parto (eu preferia um banquinho, mas fazer o que?).
Me posicionei na mesa, coloquei os pés nos lugares indicados pelas enfermeiras, e fui informada pela médica da episio, (eu já sabia que ela não perdoaria uma episio).
Em seguida chegou a médica pediatra e Neonatologista que era filha da minha médica. A Dr. Alda assim que chegou ela agradeceu, pois eu briguei pelo PN e ela dormiu a noite toda....rs
Minha médica avisou para eu fazer força durante as contrações, mas no momento eu não sentia dores para identificar as contrações, resolvi não comentar nada com ela com medo de um fórceps, então fiz força de qualquer jeito segurando nos ferrinhos da cama, ela me falou que já conseguia ver a cabecinha do Lucas e eu sentia uma forte pressão no períneo.
A médica começou a procurar um maqueiro para empurrar minha barriga e ajudar o Lucas a descer, mas o maqueiro falou que estava com o braço machucado...kkkkkk
Ela então inverteu os papéis e pediu para Dr. Alda segurar o bebê, que ela mesmo faria força para Lucas descer e eu ajudei fechado os olhos, fazendo força e gritando para dar uma empolgada....rs
Quando ela empurrou eu ajudei e o Lucas Nasceu, eu senti os pés dele deslizando e esta é a sensação mais gostosa que eu adoro lembrar, os pés dele descendo no momento do nascimento.
Ele nasceu chorando muito, com um olhão aberto, muito esperto meu filhão, eu não chorei, fiquei boba olhando para ele em cima de mim gritando, eu falava e ele chorava...kkkk
Nasceu com 3.156g e 49 cm, briguei e consegui o meu Parto Normal.
As enfermeiras me deram os parabéns, e eu fiquei la sendo costurada enquanto o Lucas era limpado e aspirado ainda em cima de mim.
Li vários relatos de partos aqui na comunidade, aprendi muito e na hora certa acho que consegui agir calmamente e de forma racional.
Vivi a partolândia, senti todas as sensações maravilhosas que várias mulheres aqui relataram, me sinto realizada com um filho lindo e saudável que com quase 3 meses nunca provou nada além do leite materno em forma de alimento.

beijos
avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Qua Dez 29, 2010 9:52 am

Ninguém me contou que ter parto normal é exceção

Depois de uma cesárea que não tinha planejado, A enfermeira Cinthia lutou para ter um parto do jeito que queria. E teve, no dia de NatalCinthia Calsinski de Assis Dib, mãe de Matheus e Bianca, é enfermeira. Parou de trabalhar desde que o filho mais velho nasceu e só pretende voltar quando a Bianca fizer 2 anos

Sou enfermeira e começo falando sobre o direito do paciente em escolher, aceitar ou recusar um cuidado de saúde. No sistema de saúde privado brasileiro observamos que, se uma mulher opta por uma cesárea, ela acontecerá, mas, se opta por um parto normal, tem uma pequena chance de trazer seu filho ao mundo dessa maneira.

Minha bisavó era parteira no Rio Grande do Sul, ia a cavalo atender mulheres em trabalho de parto, todos normais, sem intercorrências. Ajudava a nascer alguns bebês que estavam sentados, virava outros. Teve 11 filhos de parto natural, claro. Minha avó, três; minha mãe, dois. Nunca duvidei de minha capacidade em parir. Conversei com a obstetra sobre parto normal e achei que isso bastaria.

O que eu não sabia era que o adventoda medicina, do ultrassom, de exames diagnósticos, trouxe aos médicos e demais profissionais de saúde um excesso de zelo, um cuidado exagerado, não fundamentado, uma medicina não baseada em evidências. Será que décadas atrás os cordões umbilicais eram maiores e mais flexíveis e por isso não enforcavam os bebês? Será que os colos dos úteros eram mais receptivos aos hormônios e por isso não deixavam de dilatar? Os bebês eram menores? As bacias das mulheres maiores?

Minha expectativa e confiança em ter um parto normal era muito grande e eu não fui buscar nenhum tipo de informação durante a gravidez. Mas, devido a um diagnóstico de “circular de cordão umbilical”, que é quando o cordão fica enrolado no bebê, escolhi passar por um parto cirúrgico em vez de colocar a saúde e o bem-estar de meu filho em risco. Não queria pagar pra ver.

Após a cesárea do Matheus, a felicidade de me tornar mãe tomou conta de mim, passei algum tempo sem pensar no parto.

Depois, conversando com meu pai, soube que este ficou triste e preocupado ao saber que eu passaria por uma cesariana no nascimento de seu neto. Nesse momento, entendi algo mais de suas palavras. Meu pai não tinha medo que eu sofresse ou sentisse dor durante o trabalho de parto – afinal, assim nascem os bebês. Seu medo era de me ver passar por uma cirurgia sem necessidade.
Quando engravidei da Bianca, decidi que viveria intensamente seu nascimento, da maneira que sempre quis. No meio do caminho ouvi: “Se você realmente quer um parto normal, eu preciso te falar algumas coisas.” Aquela conversa alterou minhas atitudes, minhas escolhas, meu destino.

Pari minha filha vivendo cada momento do trabalho de parto. cada contração me deixava mais próxima a ela. Após 18 horas, minha filha nasceu. Era dia 25 de dezembro. foi o presente de Natal da minha vida: ao me inclinar para a frente, vi sair de mim um bebezico. Chorei tanto que perguntei para a equipe se ela havia chorado.

Lembro-me de dizer: “Eu consegui, eu sabia que conseguiria, obrigada por me permitir viver esse momento”. A Bianca veio mamar em questão de segundos. Ficamos nos olhando e nos conhecendo por quase uma hora. Mamãe, papai e neném. Todos saíram da sala, foi um momento só nosso. Ficamos unidas ao cordão umbilical até que este parou de pulsar e meu marido o cortou.
Minhas amigas não conseguiram ter parto normal. Nenhuma delas. As mulheres que conheço que conseguiram eu descobri através da busca pelos mesmos ideais. Por isso, gestante, informe-se. Uma vez decidido o tipo de parto que você deseja, lute por ele.

Amo meus filhos da mesma maneira e intensidade, mas tenho sentimentos e sensações diferentes sobre seus nascimentos
avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Qui Jan 06, 2011 9:05 pm

Dando up para as gravidinhas atuais que querem PN, darem uma boa lida!

O primeiro passo para quem quer um PN eh a informacao, entao leiam...Se informem, pesquisem a vida pregressa profissional do GO, se ele se ausenta do consultorio para atender PN, A taxa de PN dele, em que casos ele opta pela cesarea...

avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Qui Jan 06, 2011 9:23 pm

CESÁREAS DESNECESSÁRIAS

Não se deixe enganar. Embora muito alegadas pelos médicos, as condições abaixo NÃO são indicações de cesariana.

Por Melania Amorim, obstetra.

1. Circular de cordão, uma, duas ou três “voltas” (campeoníssima – essa conta com a cumplicidade dos ultrassonografistas, e o diagnóstico do número de voltas é absolutamente nebuloso)
2. Pressão alta
3. Pressão baixa
4. Bebê que não encaixa antes do trabalho de parto
5. Diagnóstico de desproporção céfalo-pélvica sem sequer a gestante ter entrado em trabalho de parto
6. Bolsa rota (o limite de horas é variável, para vários obstetras basta NÃO estar em trabalho de parto quando a bolsa rompe)
7. “Passou do tempo” (diagnóstico bastante impreciso que envolve aparentemente qualquer idade gestacional a partir de 39 semanas)
8. Trabalho de parto prematuro
9. Grumos no líquido amniótico
10. Hemorróidas
11. HPV
12. Placenta grau III
13. Qualquer grau de placenta
14. Incisura nas artérias uterinas (aliás, pra que doppler em uma gravidez normal?)
15. Aceleração dos batimentos fetais
16. Cálculo renal
17. Dorso à direita
18. Baixa estatura materna
19. Baixo ganho ponderal materno/mãe de baixo peso
20. Obesidade materna
21. Gastroplastia prévia (parece que, em relação ao peso materno, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come)
22. Bebê “grande demais”
23. Bebê “pequeno demais”
24. Cesárea anterior
25. Plaquetas baixas
26. Chlamydia, ureaplasma e mycoplasma
27. Problemas oftalmológicos, incluindo miopia e descolamento da retina
28. Edema de membros inferiores/edema generalizado
29. “Falta de dilatação” antes do trabalho de parto
30. Gravidez super-desejada (motivo pelo qual os bebês de proveta aqui no Brasil muito raramente nascem de parto normal)
31. Gravidez não desejada
32. Idade materna “avançada” (limites bastante variáveis, pelo que tenho observado, mas em geral refere-se às mulheres com mais de 35 anos)
33. Adolescência
34. Prolapso de valva mitral
35. Cardiopatia (o melhor parto para as cardiopatas é o vaginal)
36. Diabetes
37. Bacia “muito estreita”
38. Mioma uterino
39. Parto “prolongado” ou período expulsivo “prolongado” (também os limites são muito imprecisos, dependendo da pressa do obstetra)
40. “Pouco líquido”
41. Artéria umbilical única
42. Ameaça de chuva/temporal na cidade
43. Obstetra (famoso) não sai de casa à noite devido aos riscos da violência no Rio de Janeiro
44. Fratura de cóccix em algum momento da vida
45. Conização prévia do colo uterino
46. Eletrocauterização prévia do colo uterino
47. Varizes na vagina
48. Constipação (prisão de ventre)
49. Excesso de líquido amniótico
50. Anemia
51. Data provável do parto (DPP) próximo a feriados prolongados e datas festivas
avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Djane Senna em Qui Jan 06, 2011 9:26 pm

Como se Livrar de um Médico Cesarista

Mensagem por Dana em Sex Out 30, 2009 11:04 pm
Meninas, achei esse texto no site amigasdoparto.com.br, adorei! Recomendo o site, várias coisas interessantes sobre a preparação para o parto natural! =]


Como se Livrar de um Médico Cesarista
Autor Oculto


Como saber se o seu médico pretende enrolá-la e fazer uma cesárea desnecessária? Veja se ele se encaixa nesse perfil:
1) Nove entre dez amigas suas que fizeram o pré-natal com ele tiveram parto cesárea. A décima teve o bebê na porta do pronto-socorro.
2) Essas suas nove amigas tiveram cesáreas por motivos como: não teve dilatação, o cordão enrolou no pescoço, não tinha passagem (mesmo que ela não fosse viajar para lugar nenhum), estava passando da hora de nascer. Coincidentemente, foram todas em uma terça-feira.
3) Ele nunca desmarcou o consultório por estar fazendo um parto.
4) Quando você pergunta sobre maternidades, ele lhe lista aquelas nas quais ele opera.
5) Se você já teve outros filhos, ele nunca se preocupou em perguntar sobre seus outros partos. Se foram cesárea, ele nunca se lembrou de perguntar o porquê.
6) Ele nunca parou para examinar sua bacia.
7) Mesmo no fim da gravidez, ele não se preocupa em palpar sua barriga para avaliar o tamanho e a posição do bebê.
Cool Ele comenta que não é do tipo que deixa as pacientes sofrerem.
9) Ele comenta que não gosta de arriscar (o que???).
10) Se você disser que a vida de médico é muito corrida, ele diz que consegue ajeitar bem os compromissos.
11) Ele começa a fazer exames de toque com 30 semanas e comenta, com ar tristonho, que você não está tendo dilatação.
12) Ele nunca lhe explica nada sobre: mecanismo do parto, vantagens do trabalho de parto e do parto normal, como se preparar, como reconhecer o trabalho de parto, etc, mesmo que você pergunte. Afinal, você não terá chance de usar essas informações mesmo.
13) Ele descobre a data do aniversário de toda a sua família: você, seu marido, seus pais, seus sogros, etc. Depois passa a comentar como seria legal se o bebê nascesse no dia xx/xx para homenagear o Tio Fulano.
14) Se você perguntar se o seu parto vai ser normal, ele lhe dirá que isso vai depender da conjunção de muitos fatores (o que obviamente nunca ocorrerá). Se você perguntar se seu parto vai ser cesárea, ele marcará a data.

avatar
Djane Senna
Aqui é como minha casa

Número de Mensagens : 1300
Idade : 41
Localização : Manaus Amazonas
Data de inscrição : 08/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parto normal ou cesarea?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 7 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum